segunda-feira, 14 de maio de 2018

Conceptuais chineses no Guggenheim de Bilbao

Xu Zhen, "Rainbow" (1998)


Bienal da Maia '99, uma perda de tempo e feitio


Ninguém aproveitou a ponte que fiz com Xangai em 1999, graças à CM da Maia. Foi pena. Basta reparar no que a arte contemporânea chinesa veio a conseguir desde então, para tirarmos algumas conclusões sobre a dimensão das omissões cometidas pelos nossos galeristas, curadores, críticos de arte, professores e decisores culturais.

Entre os artistas selecionados para a antologia de arte chinesa conceptual apresentada pelo Guggeheim de Bilbao —Arte y China después de 1989: Theater of the World—, três estiveram na Bienal da Maia, em 1999, por mim comissariada: Ding Yi,  Xu Zhen, e Zhou Tiehai.

Foram estes os 19 artistas e designers de moda que selecionei em Xangai, alguns deles muito jovens, ou ainda estudantes:

  1. Chen Ming
  2. Chen Yanyin
  3. Ding Yi
  4. Feng Yaolin
  5. Hu Jieming
  6. Ji Wenyu
  7. Liu Ai Hua
  8. Long Mei
  9. Lu Zheng
  10. Pu Jie
  11. Shi Yong
  12. Wu Yiming
  13. Xu Zhen
  14. Xue Song
  15. Yang Zhenzhong
  16. Zhang Hao
  17. Zhang Xin
  18. Zhou Ming
  19. Zhou Tiehai


Art and China after 1989: Theater of the World
May 11–September 23, 2018 

Guggenheim Bilbao 
Abandoibarra et.2 
48001 Bilbao 
Spain 

arteychina.guggenheim-bilbao.eus 

Sem comentários:

Enviar um comentário

As polémicas são bem vindas // Feel free to comment